Yes, I'd like to attend!

Thanks for submitting.

You'll receive a link soon!

This form no longer accepts submissions. Email us at talktothewordlab@gmail.com, if you'd like to attend.

Series

LET'S TALK ABOUT

EXPERIMENTAL

MORPHOLOGY.

VAMOS FALAR SOBRE A MORFOLOGIA EXPERIMENTAL.

Catch the first edition of new series featuring workshops, courses and round table discussions. Keep scrolling to find out more and don't forget to sign up.

31 MAR 2021

&

EXPERIMENTAL METHODOLOGIES

IN VISUAL WORD PROCESSING

METODOLOGIAS EXPERIMENTAIS EM PROCESSAMENTO

DE PALAVRAS

LANG: PT

01 APR 2021

ONLINE

ROUND TABLE

MESA-REDONDA

METHODOLOGIES

IN PROCESSING:

QUESTIONS & CHALLENGES

METODOLOGIAS EM PROCESSAMENTO: QUESTÕES E DESAFIOS

  • ALINA VILLALVA | The Word Lab, CLUL

  • MARCUS MAIA | UFRJ, CNPq

  • JOSÉ FERRARI NETO| LAPROL, UFPB

  • JULIANA NOVO | UMINHO, UFPB

MODERATOR:

RAFAEL MINUSSI | The Word Lab, UNIFESP

31 MAR 2021

1000-1300 (UTC-3)

1400-1700 (UTC+1)

Durante décadas, as pesquisas em teoria e análise linguísticas acumularam diversos saberes sobre as propriedades das línguas e sobre o conhecimento linguístico que os falantes têm sobre as línguas naturais. Nos últimos anos, com os avanços alcançados nas áreas tecnológicas, nos métodos e no fácil acesso a plataformas para a realização de experimentos, muitos linguistas teóricos passaram a se valer de tais métodos e técnicas para realizar testes e, então, verificar empiricamente algumas hipóteses formuladas.


Esta mesa-redonda pretende tratar das boas práticas para o trabalho experimental, a fim de que os estudos realizados possam lançar luz sobre tudo que já sabemos sobre o conhecimento linguístico e avançar nas reflexões sobre o processamento linguístico. Assim sendo, abordaremos questões metodológicas que vão desde a criação de um desenho experimental eficaz, à formação e seleção de corpora, à definição do número de estímulos necessários e de distratores, até a limpeza e exclusão de itens nas bases de dados dos resultados, além de refletir sobre como realizar uma análise fundamentada dos resultados, evitando qualquer viés.

For decades, research in linguistic theory and analysis has accumulated a wealth of knowledge about the properties of languages and the linguistic knowledge that speakers have. In recent years, with advances in technology, methods, and easy access to platforms for conducting experiments, many theoretical linguists have used various methodologies and techniques for empirically testing and verifying hypotheses.


This roundtable aims to address best practices for experimental work, so that the studies carried out can shed light on everything we already know about linguistic knowledge and advance reflections about language processing. We will address methodological issues ranging from the creation of an effective experimental design, the formation and selection of corpora, the definition of the number of necessary stimuli and distractors, to the cleaning and exclusion of items in the databases of the results, as well as reflecting on how to perform a reasoned analysis of the results, avoiding any bias.

31 MAR 2021

1400-1700 (UTC-3)

1700-2000 (UTC+1)

This workshop aims to introduce us to the PennController for IBEX, a free open-source, versatile and user-friendly solution to script experiments using a wide range of dynamic, multimedia and interactive features (e.g., visual stimuli, response feedback, scripted/timed events, playing audio and video). It will showcase the self-paced moving window features, cloze test and acceptability rating scale. Sign-up if you're looking for a hands-on introduction to the simple coding interface and main functionalities of PCIBEX.

Workshop sobre PennController for IBEX, uma plataforma gratuita e de código aberto, versátil e amigável para experimentos. O Ibex dispõe de uma ampla gama de recursos dinâmicos, multimídia e interativos (por exemplo, estímulos visuais, feedback de resposta, eventos programados / cronometrados, áudio e vídeo).

O workshop apresentará os recursos de leitura auto-monitorada com moving window, teste de cloze e escala de julgamento de aceitabilidade. Nosso objetivo é fornecer uma introdução prática à esta interface de codificação simples e suas principais funcionalidades.

WORKSHOP #1

MINI-CURSO 1

LINGUISTICS EXPERIMENTS

IN IBEX

METODOLOGIAS EM

EXPERIMENTAÇÃO:

USANDO O PCIbex

JULIANA NOVO GOMES | UMINHO, UFPB

WORKSHOP #2

MINI-CURSO 1

HOW TO CONSTRUCT & USE WORD CORPORA FOR (PSYCHO)LINGUISTIC RESEARCH

Construção e utilização de corpora de palavras
(léxicos) na pesquisa em (psico)linguística

GUSTAVO ESTIVALET | UFPB, LAPROL

01 APR 2021

1000-1300 (UTC-3)

1400-1700 (UTC+1)

Corpora are useful and powerful research tools in the field of linguistics and this workshops aims to introduce us to the functional principals of utility of word corpora, as well as demonstrate to us how these corpora can be constructed and used by researchers according to their specific interests. 

 

The Léxico do Português Brasileiro (LexPorBR)
(Estivalet & Meunier, 2015) will be used as an example to show how filters and selections can be made through Excel and R (Baayen, 2008). This workshop will help you learn how to manipulate and explore huge databases for (psycho)linguistic research through natural data.

O uso de corpora tem se tornado uma ferramenta poderosa no estudo do desenvolvimento, evolução, uso, léxico e gramática das línguas naturais (Balota et al., 2007). Logo, a construção e a utilização de grandes corpora através da linguística computacional permitem uma abordagem objetiva e aprofundada dos diversos fenômenos da (psico)linguística (Cutler, 1981). Nesse sentido, corpora de diversas línguas têm sido criados a partir das legendas de programas televisivos, permitindo um escopo abrangente, preciso e preditivo em estudos (psico)linguísticos (Forster, 2000) .

Corpora criados a partir de legendas possuem algumas vantagens em relação a materiais escritos: i. apresentam linguagem próxima da produção oral, ii. são compilados automaticamente a partir de um grande número de materiais e iii. permitem a análise e comparação linguística através de princípios computacionais (Brysbaert & New, 2009) .

Sendo assim, os objetivos do presente minicurso são: i. apresentar as principais funcionalidades e utilidades de corpora de palavras, e, ii. capacitar os pesquisadores a construírem e utilizarem os corpora de acordo a interesses específicos. Como exemplo, será utilizado o Léxico do Português Brasileiro (LexPorBR) (Estivalet & Meunier, 2015) : http://www.lexicodoportugues.com e serão realizadas análises, filtragens e seleções do corpus através dos programas Excel e R (Baayen, 2008).

 

Além das informações ortográficas coletadas diretamente através das legendas, serão exploradas categorias fonológicas (a. silabação, b. estrutura silábica, c. tonicidade, d. número de sílabas, e. forma fonológica, f. número de fonemas, g. vizinhos fonológicos, h. frequência fonológica) (Davis, 2005) e morfossintáticas (a. categoria gramatical, b. decomposição morfológica, c. traços morfossintáticos, d. enriquecimento semântico) (Muniz, 2004) . Espera que este minicurso permita a exploração e manipulação de grandes bases de dados, potencializando a análise (psico)linguística a partir de dados naturais.